O que é a meditação segundo o Budismo?

14 agosto 2018 / By NANDAN

Segundo o Budismo, a prática da meditação é um caminho para à Iluminação ou Nirvana.

Contudo no Budismo, a palavra meditação não está “descrita nos textos originais”, pois meditação é uma palavra de origem grega que é utilizada para descrever de forma geral algumas práticas Budistas.

Segundo a tradição Theravada do Budismo, a palavra utilizada para meditação é Bhavana, que significa desenvolver, cultivar ou produzir.

De forma geral, a prática da meditação poderia se iniciar com “Samatha” que significa tornar-se habilidoso, tranqüilizar, acalmar, visualizar e alcançar.

“Samatha” tem o propósito de tornar uma pessoa habilidosa na concentração da mente.

Uma vez que a mente esteja suficientemente concentrada, a pessoa pode realizar o Vipassana, que significa insight e com Vipassana a pessoa poderá realizar a iluminação.

Na tradição Mahayana do Budismo Tibetano, ele também usa a palavra Bhavana, contudo de uma forma um pouco diferente.

Gom: que pode ser traduzido como familiarizar-se ou habituar-se no sentido de familiarizar-se com um estado mental positivo ou o treinamento de uma mente positiva.

Tingdzin: Ting significa profundidade, seria como experimentar uma profunda mente calma. Dzin significa manter, seria como manter a qualidade inabalável da mente.

Samten: significa “estável” ou experimentar um estado mental estável.

 

As três divisões do caminho

Uma coisa importante para se ressaltar nos ensinamentos do budismo é que as práticas não se limitam somente a meditação.

Segundo o Nobre Caminho Óctuplo, nós poderíamos dividir as práticas budistas em três divisões:

CONDUTA ÉTICA

A conduta ética é baseada no amor universal e compaixão por todos os seres vivos.

Estão incluídos três fatores do nobre caminho óctuplo:

  • Fala correta,
  • Ação correta e
  • Modo de vida correto

MEDITAÇÃO

A meditação é baseada na disciplina mental ou treinamento da mente. Que tem por objetivo desenvolver clareza e percepção da verdadeira natureza da realidade.

Que incluem três outros fatores do caminho óctuplo:

  • Esforço correto,
  • Atenção plena correta e
  • Contemplação correta

 

SABEDORIA

Sabedoria é baseada no conhecimento ou insight corretos para entender o caminho que deve ser seguido.

Que incluem os dois fatores restantes do caminho óctuplo:

  • Pensamento correto e  
  • Compreensão correta

Então, apesar de falar muito na meditação é importante praticar a conduta ética, pois ela purifica a sua consciência e fornece uma base indispensável para a meditação. Assim a meditação forma uma base para a sabedoria se desenvolver.

 


O pior sofrimento é seu apego ao sofrimento, se sua mente estiver lotada de palavras e pensamentos não existe espaço para você.

Eu gostaria de convidar você a aprender como eliminar seu estresse, ansiedade e depressão.

Este é um Curso Online simples e completo com instruções passo a passo para você meditar corretamente, pois a sua mente é a fonte da sua felicidade.

About The Author

NANDAN

Quero compartilhar minhas viagens pelo mundo exterior e interior e mostrar que a felicidade é o melhor caminho! Sou um Yogi, formado em odontologia e tenho dedicado meus últimos anos ao trabalho voluntário. Concentrei meus estudos em pesquisas de dores orofaciais e crônicas, o que me levou a fazer uma especialização e mestrado na Escola Paulista de Medicina. Conheci o Yoga em 2003 e mudou a minha vida. Em 2005, eu já morava em Kerala, no Sul da India, onde permaneci por 7 anos em busca da realização através dos ensinamentos do Yoga. Fiz vivências em diferentes centros e tive também a oportunidade de conhecer e conviver com mestres iluminados. O eco no meu coração é Servir!

Leave a Comment

Agora, se você curtiu esse post, deixe seu comentário aí embaixo e compartilhe suas boas práticas com o grupo!