Roubaram meu celular!

26 novembro 2017 / By NANDAN / BUDISMO,MUNDO INTERIOR,PÉ NA ESTRADA,Tailândia,YOGA

Wat Arun é um templo majestoso, você cruza o rio com um barco e entra em um de seus sonhos.

Fui tirar uma foto para o instagram com meu celular e… ele sumiu… procurei por todas as partes… mas não encontrei… a primeira coisa que pensei foi… ROUBARAM O MEU CELULAR!

Eu estou viajando com um novo equipamento e ainda não me adeqüei com todo ele… câmeras, lentes, tripé, monopé… estou meio confuso onde guardar e como usar… 

Para complicar um pouco mais, você entra em um templo maravilhoso… onde você não sabe por onde começar… você fica totalmente extasiado…

Então com um breve descuido, roubaram o meu celular!

Como um super download, um turbilhão de pensamentos incontroláveis foram despejados em minha mente… Meu coração começou a bater mais forte, fiquei meio sem saber o que fazer… um sentimento de perda… de frustração… de decepção… surgiu!

Perder o que lhe dá prazer é Sofrimento

BUDA

Parei e tentei me lembrar, onde foi o lugar que eu usei pela ultima vez.

Fui procurar, mas não encontrei… procurei alguns seguranças que estavam por ali… nenhum deles falavam inglês… mas não pareciam ter encontrado nada…

Parei e respirei fundo… comecei a refletir… o que isso significava… dinheiro, informações, ter o trabalho que ir atrás de um novo, ter o trabalho de re-instalar e re-configurar todo o celular, ter que parar um dia para resolver isso, ter que arrumar um novo chip para o celular…

Pensei… você perdeu seu celular… nada vai mudar… nada vai adiantar… nada vai melhorar… aceite e siga em frente…

Olhei para o templo e pensei…

“Você esta aqui, para realizar a sua paz. Você perde um simples celular e parece que tudo o que você sabe e tudo o que você pratica, não serve para nada.”

Respirei fundo novamente e fiquei em silencio por um momento. Lentamente, fui voltando para o meu centro. Com mais calma, fui procurar um local de “achados e perdidos”.

Conversei na recepção, onde eles vendem os ingressos para o templo, uma mulher me atendeu e passou um radio.

Logo um dos guardas que eu havia conversado apareceu, ele não falava inglês, mas começou a me levar para o local onde eu achava que havia perdido.

No caminho, um outro guarda se aproxima e pergunta como era o meu celular. Um terceiro guarda, chega… e para a minha surpresa…  ENCONTRARAM O MEU CELULAR!!!

Novamente, como um super download, um turbilhão de pensamentos incontroláveis foram despejados em minha mente… Meu coração começou a bater mais forte, fiquei meio sem saber o que fazer… um sentimento de felicidade… de excitação… de prazer… SURGIU!!!

 

Quando eu estava com meu celular, eu estava feliz na “terra”,

Quando perdi o meu celular, eu fui para o desespero do “inferno”,

Quando encontrei o meu celular, eu fui para o paraíso do “céu”.

 

A nossa mente esta sempre jogando com nossos valores.

Ter que aprender a viver o paradoxo da Nobre Verdade do Cessar do Sofrimento, onde a realização esta na completa cessação, no fim, no abandono, na renúncia, na libertação, e na liberdade do desejo para atingir o estado de sabedoria, paz, do despertar e do Nirvana, é a realização da vida.

O paradoxo esta em viver desapegado dos desejos no meio dos desejos. Sonhar acordado!

Saber que pode ser preciso,

Saber ter e desejar,

Saber perder,

Saber viver sem,

Saber ter prazer,

Saber ser feliz,

… Com seu celular

Do apego aos sentidos,

Nasce a atração,

Da atração, brota o desejo.

O desejo gera uma paixão avassaladora.

A paixão conduz a imprudência.

Nesse momento, a razão é totalmente traída,

Os julgamentos ficam entorpecidos.

A mente abandona o seu propósito mais nobre, e

Fracassa em seu discernimento.

BHAGAVAT GITA 2:63-64


O pior sofrimento é seu apego ao sofrimento, se sua mente estiver lotada de palavras e pensamentos não existe espaço para você.

Eu gostaria de convidar você a aprender como eliminar seu estresse, ansiedade e depressão.

Este é um Curso Online simples e completo com instruções passo a passo para você meditar corretamente, pois a sua mente é a fonte da sua felicidade.

About The Author

NANDAN

Sou um Yogi, formado em odontologia e tenho dedicado meus últimos anos ao trabalho voluntário.Concentrei meus estudos em pesquisas de dores orofaciais e crônicas, o que me levou a fazer uma especialização e mestrado na Escola Paulista de Medicina.Conheci o Yoga em 2003 e mudou a minha vida. Em 2005, eu já morava em Kerala, no Sul da India, onde permaneci por 7 anos em busca da realização através dos ensinamentos do Yoga. Fiz vivências em diferentes centros e tive também a oportunidade de conhecer e conviver com mestres iluminados.O eco no meu coração é Servir!

Leave a Comment

O QUE VOCÊ ACHOU?