fbpx

Qual é o significado dos elefantes no Hinduísmo?

09 fevereiro 2020 / By NANDAN
Elefante no Templo de Arunachala

É difícil descrever a experiência de estar de frente com elefantes! Apesar de toda a controvérsia sobre ter um animal desse tamanho domesticado e retirado de seu habitat natural… se deparar com um animal desse é muito mágico! 

Os templos hindus indianos tradicionalmente mantêm elefantes, porque eles dizem ter uma influência positiva no poder divino que permeia o ambiente do templo.

Os elefantes na cultura indiana são um símbolo de força intelectual e força mental. É um animal sagrado e é considerado a representação ou a encarnação viva de Ganesha, o Deus Elefante.

Deus Elefante Ganesha - MOCA Tailândia

Deus Elefante Ganesha – MOCA Tailândia

Ganesha – o Deus Elefante

Ganesha é amplamente reverenciado como o removedor de obstáculos, o patrono das artes e das ciências e o deus do intelecto e da sabedoria. 

Como o deus dos primórdios, ele é homenageado no início de ritos e cerimônias. Vários textos contam histórias mitológicas associadas ao seu nascimento e façanhas.

Uma das formas que os hindus buscam a Realização do Eu, é através de intensa meditação no Ganesha, que é a Medula Espinhal e o Cérebro em todos os seres.

 

Festival Perahera – Sri Lanka

A História de Homens e Elefantes

Os elefantes são parte integrante da Índia. Na entrada e dentro dos templos existem ídolos de elefantes em todos os lados. 

Surpreendentemente, o elefante asiático foi a primeira espécie de animal a ser treinada para uso agrícola, como indicam as antigas evidências arqueológicas da Civilização do Vale do Indo (4.500 aC).

Eles desempenharam um papel importante na cultura indiana. Eles foram muito usados na construção de grandes estruturas, como templos e palácios. Seria impossível construir esses templos sem eles.

Os elefantes também foram utilizados como instrumento de guerra nos exércitos dos principais reinos e impérios. 

Alexander, o Grande, se deparou contra um exército do Império Nanda e Gangaridai com cerca de 3.000 e 6.000 elefantes de guerra, isso provavelmente o desencorajou seu avanço na Índia. 

Os elefantes de guerra desempenharam um papel crítico em várias batalhas importantes na antiguidade, mas seu uso diminuiu com a disseminação de armas de fogo no início do período moderno.

 

A Criação e Exploração de Elefantes

A criação de elefantes remontam de uma longa era… essa é uma prática comum em templos, mas infelizmente nem todos os elefantes são bem tratados. 

Ir contra esse templos é uma linha muito tênue. Por exemplo, alguns elefantes e seus cuidadores dependem da renda para sobreviver e mante-los. Nesses casos, recusar uma ajuda pode realmente penalizar esses animais. Para esses elefantes e seus cuidadores seria preciso ter alternativas positivas disponíveis antes de pedir que eles parem. Por outro lado, alguns elefantes são de propriedade de indivíduos ricos ou operadores turísticos que os exploram para ganhar mais dinheiro. Nesses casos, boicotar é definitivamente apropriado. 

Elefantes usados para passeio em Ayutthaya – Tailândia

 

A vida dos elefantes em alguns templos podem ser cheias de estresse, tédio, isolamento, dor física e sofrimento psicológico. Eles podem ser acorrentados em um local por longos períodos de tempo, geralmente em superfícies duras.

Esse uso excessivo de correntes mantém o animal voltado para apenas uma direção, limita bastante o movimento e torna impossível a sua movimentação. Incapaz de se mover livremente, ele fica perturbado, frustrado e estressado. 

Nesses casos, comportamentos estereotipados, como balançar, balançar e puxar as correntes, são frequentemente vistos. A alegação de que um elefante balança para mostrar a felicidade é uma mentira absoluta. 

Com o tempo, as correntes causarão cortes, feridas e infecções perigosas que podem ser fatais.

Precisamos parar de ter novos elefantes em templos e em atividades turísticas e permitir que eles voltem ao seu habitat natural. Contudo os que atualmente já estão nesses locais é preciso muito discernimento para saber se podemos dar ou não um suporte. 

Por um outro lado, alguns animais ainda são mortos por causa do valor de suas presas. O Projeto Elefante, lançado em 1992, possui 32 reservas para a proteção desses majestosos animais.

Festival Perahera – Sri Lanka

About The Author

NANDAN

Quero compartilhar minhas viagens pelo mundo exterior e interior e mostrar que a felicidade é o melhor caminho! Sou um Yogi, formado em odontologia e tenho dedicado meus últimos anos ao trabalho voluntário. Concentrei meus estudos em pesquisas de dores orofaciais e crônicas, o que me levou a fazer uma especialização e mestrado na Escola Paulista de Medicina. Conheci o Yoga em 2003 e mudou a minha vida. Em 2005, eu já morava em Kerala, no Sul da India, onde permaneci por 7 anos em busca da realização através dos ensinamentos do Yoga. Fiz vivências em diferentes centros e tive também a oportunidade de conhecer e conviver com mestres iluminados. O eco no meu coração é Servir!

O que você achou?

*POR FAVOR COMPLETE OS CAMPOS CORRETAMENTE